iG Recomenda

iG Recomenda: In on It

A peça ganhou os prêmios Shell na categoria de melhor ator para Fernando Eiras, e melhor direção para Enrique Diaz

Denis Victorazo, especial para o iG Cultura | 18/05/2010 14:43

Fernando Eiras e Emilio de Mello em cena da peça In On

Os dois atores disseram sim antes de terminar de ler o texto do dramaturgo canadense Daniel MacIvor.
Convidado pelo diretor Enrique Diaz para trabalhar no espetáculo In On It, Fernando Eiras correu para um cybercafé para conhecer o texto. “Quando cheguei na página 27, liguei para o Emilio (o colega Emílio de Mello) para dizer que queria fazer a peça”.

Emílio tinha acabado de ter o segundo filho, não conseguia dormir direito e estava mais atrasado na leitura. “Estava mais ou menos na página 19, mas falei: É muito interessante, eu também quero fazer”, lembra Emílio: “Mesmo que não desse certo, seria divertido trabalhar com o Fernando e com o Kike (como é conhecido Enrique Diaz entre os amigos)”.

“O Emílio com filho pequeno, sem o silêncio necessário para se concentrar na leitura, eu num cybercafé cheio de gringos falando alto, nós dois ficamos lendo pelo telefone e intuímos que deveríamos fazer a peça.” Emílio completa: “Quando me dão os parabéns, eu digo que o grande mérito é desse texto; se o ator for sensível, o texto te dá tudo. Além disso, a relação de amizade que a gente tem era meio caminho andado, a gente tem cumplicidade, respeito, afinidade artística.”“Eu gosto desse cara há mais de vinte anos”, diz Fernando.

Um ano e muitos prêmios depois

Foto: Denis Victorazo, especial para o iG Cultura

Foto: Denis Victorazo, especial para o iG Cultura

A cumplicidade e afinidade artística dos dois atores e do diretor foi levada ao palco e está em cena, viva, noite após noite. O que eles não poderiam imaginar era que mais de um ano depois comemorariam a casa cheia na temporada prorrogada em São Paulo e os vários prêmios recebidos.

In On It foi vencedor dos prêmios Shell no Rio de Janeiro na categoria de melhor ator para Fernando Eiras, e melhor direção para Enrique Dias. No APTR, da Associação dos Produtores de Teatro do Rio de Janeiro, a montagem foi premiada como melhor espetáculo e melhor direção, além de receber dois prêmios de melhor ator, um para Emílio e outro para Fernando.

Na noite em que ganhou o prêmio Shell de direção, Fernando subiu ao palco enquanto com o celular avisava Enrique Diaz: “Você ganhou! Você ganhou!”E repassava para a platéia a mensagem do diretor: “Ele está dizendo que ama o teatro e que teatro não é chato não, é um tesão!” O espetáculo mais premiado da temporada prova isso e continua em cartaz divertindo e emocionando até dia 27 de junho.

A peça na peça

O universo do teatro é exatamente um dos assuntos de que Daniel MacIvor trata na peça. Os personagens de “In on It” criam um texto de teatro e representam os personagens desse texto. “A gente ouve declarações de amor de gente que trabalha com teatro uma vida inteira”, diz Fernando, admirado.

Existem três níveis no espetáculo: o dos personagens que criam a peça, o do passado em comum dos dois e o dos personagens da peça, representados ora por um dos atores, ora por outro. Confuso? Por incrível que pareça, não é. A atuação precisa, a iluminação e a direção clara e objetiva tornam fácil de entender o que é mais difícil de ser explicado. É quase como o título da peça, que significa algo como “Por dentro, na área, envolvido”.

Foto: Denis Victorazo, especial para o iG Cultura

Foto: Denis Victorazo, especial para o iG Cultura

Emílio fala do rigor necessário nesse trabalho: “A gente tem que ter o controle. É em cima do nosso jogo que a peça acontece. Não dá para pegar um atalho, há uma estrutura que nos sustenta.
No começo dos ensaios era tudo igual, passado, ficção e realidade eram a mesma coisa, a gente empastelava tudo. Com o tempo a gente aprendeu. A direção foi rigorosa nisso. Trabalhar com um diretor em que você confia é uma coisa rara e muito boa. Por mais que ele diga uma coisa com que você não concorda, você confia nele.”

In On It fala de desconstrução, mas tem uma carpintaria muito bem estruturada. Mostra a construção de um texto de teatro, e a desconstrução das relações.

O espetáculo traz momentos de cumplicidade com a platéia, de humor elegante, às vezes físico, e de emoção pura, além de convidar à reflexão, um olhar para dentro de cada um de nós. Como tudo isso cabe em duas horas de espetáculo? Talvez a resposta esteja na frase com que Fernando Eiras terminou nossa entrevista: “Acho que um anjo bom tem cuidado de tudo desde o início.” Assim seja.

Leia mais –  http://migre.me/G8w0

Anúncios

15 Comentários

Arquivado em entrevista, O que dizem, Teatro Eva Herz

15 Respostas para “iG Recomenda

  1. Admiro muito o trabalho dos 3: Enrique, Fernando e Emilio. Estou louca para assistir!

  2. Quando minha irmã e meu melhor amigo assistiram a peça fui bombardeada por elogios. Quando eu assisti eu fiquei apaixonada pelo texto, pela capacidade dos atores, pela iluminação, pelo som, pela sincronia de tudo. Posso dizer sem dúvida que foi a melhor peça que assisti e que logo mais vou assistir de novo.

  3. Pelo que já vi do Enrique, imagino que deva se tratar de um belo trabalho. Merda!

  4. Victor Mello

    IG seria louco se não recomendasse! ehehe
    Adorei a matéria.

    Sucesso Sempre!

  5. Celina

    na última edição do Divirta-se do Estadão, 3 críticos de teatro recomendam peças: pois In On It foi destacada pelos 3 (!).

    Incrível como esse trabalho (texto+direção+atuações) faz o público voltar e voltar, né?! Isso não para qualquer um! ;0)

    beijos

    Celina Ishikawa

  6. – O que é isso?

    – O blog do espetáculo.

    – Não existe “espetáculo”.

    – Agora existe. Tem até blog.

    – Isso é inaceitável.

    – Por quê?

    – Olha pra isso. O que você tá querendo dizer?

    (MOSTRANDO A FOTO PARA A PLATÉIA)
    – Bom, tem eu aqui, e eu tô rindo de alguma coisa, e tem você aqui, e você não tá entendendo a piada.

  7. Recomendação mais do que justa do iG. É o que digo pra todo mundo, se você não tem o costume de ir ao teatro e só vai ver uma peça nessa temporada, não tem nem o que pensar: vá ver In on It.

  8. Tá todo mundo falando, vocês tão em tudo quanto é lugar e eu ainda não vi 😦
    aí leio isso… pô, covardia. quero muito ver \o/

  9. só ouço elogios, e sofro constante pressão pra ver a peça… êlelê, necessito disso, imagino que vou ficar tão encantado quanto todo mundo que já viu.

  10. Isabella

    Merecidíssimo o prêmio! Parabéns!

  11. Carolina

    faço propaganda gratuita. fui duas vezes e voltei pra casa intranquila.
    desconforto vital!

  12. Jandira

    De tanto que minhas filhas falam dessa peça, da próxima vez vou acompanhá-las!

  13. quando o texto é realmente bom eu acho que a gente percebe logo nas primeiras páginas mesmo. e se durante a leitura não há silêncio do lado de fora, há, de repente, do lado de dentro….

    e, definitivamente, “teatro não é chato não, é um tesão”!

  14. nossa, quero mt ver essa peça! =D

  15. Tabata

    Drama+comédia+aventura+terror+romance=Puro prazer em assistir, gostoso de se ver e de se ouvir!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s